A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA ADMINISTRAÇÃO DA PENICILINA BENZATINA

  • Margareth Nunes nunes faesa
  • Michell Herbert Pinto Mota
  • Mayara Nunes de Lazari
  • Wesley Pereira Rogerio

Resumo

Sífilis é uma doença infectocontagiosa causada pela bactéria Treponema Pallidum na qual pode ser transmitida via sexual ou de forma vertical durante a gestação. O Brasil vive uma reincidência da sífilis, uma infecção sexualmente transmissível (IST) que parecia existir, para a maior parte da população, apenas nos livros de história. A doença, causada pela bactéria Treponema pallidum. Pode manifestar-se em três estágios: primária, secundária e terciária. É conhecida desde o século XV, apesar do diagnóstico e do tratamento serem rápidos, os casos da doença aumentaram, especialmente nos grandes centros urbanos a infecção dá sinais de avanço rápido, um dos principais motivos é o fato de a AIDS ter deixado de assustar, as gerações mais jovens. Além disso, um momentâneo desabastecimento do medicamento por parte da indústria na fabricação do remédio. Este artigo tem como objetivo apresentar os desafios encontrados pelos profissionais de enfermagem frente à administração do antibiótico Penicilina Benzantina, na atenção primária, devido o efeito que a mesma pode ocasionar na aplicação,a exemplo: choque anafilático. Em contra partida a importância da intervenção profissional de enfermagem, contribuindo para diminuição da disseminação e agravos da doença, promovendo a gestante ao adulto o apoio, cuidado e acesso a essa medicação. É de grande importância aos profissionais de enfermagem ter conhecimento e exercer sua autonomia na administração da penicilina, bem como a prescrição e administração da medicação mediante protocolos institucionais.

Publicado
2018-11-13
Como Citar
NUNES, Margareth Nunes et al. A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA ADMINISTRAÇÃO DA PENICILINA BENZATINA. Anais da Jornada Científica e Cultural FAESA, [S.l.], p. 23 - 25, nov. 2018. Disponível em: <http://revista.faesa.br/revista/index.php/jornadaCientifica/article/view/429>. Acesso em: 25 abr. 2019.